Category: Sentimento em palavras (Page 2 of 98)

Existência cíclica

existencia ciclica

Desapaixona-se para se “reapaixonar”

Esquece-se para reencontrar

Sem jamais, porém,

deixar de (se) amar

Nesse perder constante

Fundamento existencial

Muda-se, transforma-se

Ninguém permanece igual.

E são as relações que nos revolucionam

Às vezes para melhor, e aí crescemos

Às vezes é ruim, só nos perdemos

Só não serve a solidão,

Precisa-se sempre de alguém

Que nos faz morrer, crescer, renascer

Renovando o ser.

Escândalo

 

0-escandalo criança maos rosto

E a capacidade de se escandalizar?

Onde está?

Perdida em profundas introspecções

efêmeras ilusões

de que somos nascente e poente

Na verdade, somos gente que mente

e jamais olha para o lado, noite e dia

que jamais pisou na periferia

preferindo estar no centro

geográfico, econômico, existencial

Considerando-se “normal”

até que a dor lhe aparece

mesmo se não apetece

E aprende-se chorar

sem ninguém para consolar

Descobrindo-se “mais um”,

Sentimento comum

como o mendigo, o viciado, desempregado

e retorna o cuidado,

de sempre se escandalizar.

Vento Preciso

small_wind

 

Chuva de inverno

que escorre sob minha triste face,

São lágrimas partilhadas com meu Deus

em seu mais puro disfarce.

Onde a dor – glorioso mistério – oculta o outro lado

E o amor, para tê-lo de novo, exige cuidado.

 

Gotas que lubrificam meu olhar disperso.

Reaver meu entusiasmo! Ajoelho e peço.

Aceitar-me criador inexperiente.

Esquecer-me demasiado inconsequente.

 

Brisa de primavera: aguardo-te ansioso.

Devolva-me o calor, sentimento gostoso.

Simples viver, menos verso.

Fazer poesia! Ajoelho e peço.

 

Inesperadamente Te reencontro.

Mesmo sem estar pronto.

Basta à renúncia de mim, basta um sorriso.

E as lágrimas se enxugam, por Ti, Vento Preciso.

Page 2 of 98

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén