Month: October 2007 (Page 2 of 8)

Nunca é a última chance

última chance

Uma experiência me fez perceber que nunca é a última chance de fazer algo pelo próximo. Enquanto caminhava pelas barulhentas ruas da minha cidade, paro pra olhar o mendigo que caminha lento e de cabeça baixa.

Penso alguns segundos em fazer algo… Lembro-me que tenho uma maçã que há muito tempo coloquei na mochila, mas no momento em que não olhava para ele, um carro o pegou e jogou dois metros adiante.

Não sabia o que fazer, esta envolvido em um choque tão grande que parecia uma estátua.

Olhava-o lá inconsciente. Era ele que queria amar! Não sei se ele, por acaso, já havia sentido o amor verdadeiro, a certeza de que alguém o queria bem.

Com lágrimas nos olhos me girei para o céu e ofereci a única coisa que naquele momento eu podia: A minha incapacidade de salvá-lo.

Voltando para mim, enxugando as lágrimas, olhei para o lado e vi um garotinho sentado na calçada. É Ele que me aparecia, uma outra oportunidade! Pego a maçã e dou ao menino, recebendo em troca um sorriso desdentado e assim entendi que, enquanto posso respirar, haverei muitas oportunidades de amar e, melhor ainda, de recomeçar.

Força intrínseca

força

Inúmeras vezes me detenho nos meus incontáveis limites,
Na minha visível incapacidade de ser aquele que todos gostariam que fosse.
Mas, também nesses momentos vejo setas que me indicam duas bifurcações.
Fechar-me aceitando-me ser esse projeto defeituoso de ser humano,
ou abrir-me aceitando-me ser um projeto em construção.

No que busco força, é difícil explicar, pois passa justamente pela minha religiosidade
e pela certeza que dentro de mim, de nós,
existe uma força capaz de transpassar minhas falhas,
de subjugar limites e me impulsionar a deixar o meu Deus trabalhar em mim.

Não são os estamentos e dogmas religiosos de milhares de anos
que vão transformar o mundo,
mas aquela religiosidade aplicada a contemporaneidade.
A música é a mesma, mas os passos mudaram, são mais modernos.

Assim, aonde estiver, posso dar a minha contribuição,
seja na arte, na política, nas comunicações,
para a construção de uma sociedade nova.
Acreditando nas minhas potencialidades, na força dada somente a mim,
para suportar, viver e conquistar aquilo que só eu posso fazer.

Quem é Deus ?

Quem é Deus

Disse uma vez Santo Agostinho que é mais fácil colocar toda água do oceano num pequeno buraco de areia, do que a inteligência humana compreender os mistérios de quem é Deus.

Compreender os mistérios que nos remetem as perguntas básicas da filosofia: Quem Sou? De onde vim? e Pra onde vou?, sempre foi um dilema nas diversas reflexões que fiz sobre a vida que tenho levado e a resposta encontrada na crença de um Deus, quase sempre me ajuda a entender a minha breve participação no Grande Jogo.

Esse Deus, Verdade única, que para os católicos é representado pela Trindade, para os muçulmanos é Allah e que também pode ser representado pelo tetragrama YHWH (Javé), é muitas vezes para aqueles que não acreditam Nele, uma força, uma luz, um pensamento, que rege o universo. (O tetragrama YHWH tem diversos significados, dois deles são: SENHOR (em letras maiúsculas), por Kýrios e Deus por Theós. Fonte:Wikipedia)

Deus é, para mim, o Criador do Universo e de todas as formas de vida na Terra. É também chamado por Adonaí (Soberano Senhor), Elohím (Deus, e não deuses, visto que trata-se de plural majestático), Ha Adhóhn (o [Verdadeiro] Senhor), Elyóln (Deus Altíssimo) e El-Shadai (Deus Todo-poderoso).

Reconhecê-Lo soberano, me faz questionar o quanto sou dependente Dele para construir e conceber a Felicidade plena. É me dar conta de que sou uma parte, não o centro e que devo esforçar-me para escutar a voz que fala dentro de mim, de nós, que serve como orientação para uma caminhada segura.

Porém, nossa compreensão é sempre limitada. A racionalidade nos permite chegar somente à uma relativização que nos leva ao vazio e aí permanece somente a Fé. Nessas horas me pergunto justamente sobre áquilo que vemos e vivemos, sobre os acontecimentos, a natureza, a nossa constituição. Dá pra conceber tudo isso sem acreditar que existe um Criador? Que tudo surgiu do nada? Pra mim é impossível.

Page 2 of 8

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén