Por que namorar?

22 Flares 22 Flares ×

Por que namorar

Saí do banho pensando se as pessoas realmente se perguntam o por que namorar, antes de começar um relacionamento desse gênero, ou simplesmente começam o namoro e vêem no que vai dar, depois.

Na semana passada, ouvi de uma amiga, lamentos “tenebrosos” sobre o seu namoro. Que estava ligeiramente arrependida por não corresponder as suas expectativas e ser algo demasiadamente empenhativo. Dizia que não precisava namorar para beijar alguém, estar juntos… e que namorando se privava de “ficar” com outras pessoas, de fazer o que quisesse sendo, no seu conceito, livre!

O modo como ela falava do seu namorado, com certo tom de escárnio me fez sentir mal, por me imaginar no lugar do garoto e um dia saber que a minha namorada estivesse dizendo aquelas coisas ao meu respeito à pessoas que nem sequer me conhecem.

Perguntei então a ela porque havia começado aquela experiência, se ficou claro que desde o início ela não estava disposta a viver o namoro com seriedade. O fato de ela não saber o que me responder me fez pensar o porquê namorar, porque eu comecei a viver uma experiência desse tipo.

Pensando na minha experiência, concluí que tudo gira em torno da exigência de construir a minha vida com alguém, dividir tudo, crescer junto. Sempre achei que assim a vida pareceria mais emocionante, verdadeira.

Por isso comecei a namorar, pra viver com ela e por ela e, logo pude descobrir a fantástica capacidade que possuímos de gerar felicidade, o quanto é bom fazer coisas aparentemente simples, dar uma flor, ligar (mesmo sem vontade), dar um abraço e receber em troca um sorriso.

Desde o início, até o fim, vivi, descobri e redescobri o quanto é gostoso estar com alguém e compartilhar as nossas vidas.

Namorar não é um contrato que assinamos com alguém que estará disponível 24 horas por dia para satisfazer nossas carências. É um pacto de amor recíproco, de estar pronto a amar, ao ponto de “dar a vida” (muitas vezes perdendo vontades) pelo outro.

Desse modo, acredito que seria mais raro encontrar pessoas arrependidas com uma experiência tão realizadora. Qualquer objetivo nobre nesse caso, qualquer escolha pessoal, é pessoal. O que nos faz estar com alguém é, essencialmente, a vontade de construir a vida juntos. E PONTO.

22 Flares Twitter 0 Facebook 22 Google+ 0 Email -- 22 Flares ×

Valter Hugo Muniz

Valter Hugo Muniz - Formado em Comunicação Social com ênfase em jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica de SP (PUC-SP) em 2009, concluiu em 2012 a “laurea magistrale” em ciências políticas no Instituto Universitário Sophia, na Itália. Com experiência em agências de comunicação, multinacional, editoras e televisão é, atualmente, editor/redator-chefe do Jornal Pedagógico O TRANSCENDENTE, da Editora Mundo e Missão. Com vivência de mais de cinco anos na Europa (Itália e Suíça), participou de trabalhos voluntários em São Paulo e na Indonésia pós Tsunami (2005). É fundador do escrevoLogoexisto.

You may also like...

No Responses

  1. Gi Godoi disse:

    Simplesmente isso.
    Muito, muito bom. Amei!!!

  2. Ellen Hunt disse:

    Simples assim!!! =)

  3. eberson disse:

    e muito simples falar tudo isso ,,,eu msm sou assim falow pros meus colegas tudo isso

    mais o dificil e largar tudo de vezz….

  4. Willian disse:

    Nunca namorei na vida !

  5. juliana martins disse:

    pq simples? nada é simples, so que algumas pessoas notam a dificuldade, outras n…
    cara, quanto mais leio sobre isso mais tenho certeza… isso n é pra mim!!!

  6. Adorei,cara. disse:

    Cara amei o comentario,veio mesmo no momento.

  7. Vitor disse:

    Não se vive sem aprender, crescer. Viver implica movimento. Se o movimento é em direção ao que é verdadeiramente Bom, dizemos que temos uma boa vida, estamos bem de vida… Crescendo e sendo mais maduros, próximos a harmonia universal, que chamamos de Deus inúmeras vezes. No relacionamento com alguém eu quero exatamente continuar o meu Bom movimento, ser impulsionado para Ele, estar Nele a maioria do tempo, cada vez mais e ressoando com isso pelo mundo. Um Amor só Amor se leva para o Amor maior: Deus, harmoniza universal que a tudo considera.

  8. Muitas vezes é complicado explicarmos o porque de começarmos a namorar alguém já que sentimentos muitas vezes parecem irracionais. Nesses últimos dias andei pensando no “relacionamento complicado” que ando vivendo, e a pessoa me perguntou porquê eu queria namorá-la e no momento as palavras não surgiam. Confesso que, mesmo que patético, achei no seu blog uma explicação plausível aos meus sentimentos. Muito obrigada!

Deixe uma resposta

22 Flares Twitter 0 Facebook 22 Google+ 0 Email -- 22 Flares ×
%d blogueiros gostam disto: